Novidades

Hospital HSM já oferece residência médica em oncologia

Desde 2015 o Hospital HSM – Centro Avançado de Oncologia – já oferece o serviço de residência médica em oncologia. O Programa de Residência Médica do hospital confere ao médico residente o título de especialista e está credenciado pela Comissão Nacional de Residência Médica (CNRM).

De acordo com o Ministério da Educação (MEC), “a residência médica é uma modalidade de ensino de pós-graduação destinada a médicos, sob a forma de curso de especialização. Funciona em instituições de saúde, sob a orientação de profissionais médicos de elevada qualificação ética e profissional, sendo considerada o ‘padrão ouro’ da especialização médica”.

O residente em cancerologia clínica, especialidade ofertada pelo hospital, precisa ter realizado uma residência em clínica médica antes, com duração de dois anos. A duração da residência em oncologia são três anos.

O hospital possui atualmente três residentes, que passaram por processo seletivo unificado, o último ocorrido este ano.

Dra-Rosa-Vallinoto“É muito importante para nós médicos diferenciar residência médica de especialização. Residência é mais difícil de passar porque tem menos vagas e exige pré-requisitos, oferece bolsa, carga horária é maior e fornece título de especialista no final. Os médicos que fazem somente especialização tem que prestar uma prova de título após o curso para poderem ser especialistas em uma área”, ressalta a médica Rosa Vallinoto, responsável pela residência em cancerologia do hospital.

Irna-Carneiro

O Hospital é o único da rede privada de Belém a oferecer residência em oncologia e pretende, em breve, ampliar as áreas da residência médica, com coordenação da Dra. Irna Carneiro, da Comissão de Residência Médica (Coreme). ”A residência médica em oncologia clínica do HSM abre novas perspectivas para a formação de profissionais para o atendimento de uma grande demanda de pacientes, cuja complexidade da doença exige um diagnóstico e início da terapia precoce em nossa região, onde a carência destes serviços ainda é uma realidade”, enfatiza a Dra. Irna.

1 Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Clique para iniciar o atendimento